terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

10 Mandamentos para julgar um quadro

                                          O desgarrado 60x90 cm ost


10 Mandamentos para julgar um quadro

 Olhe atentamente, sem se preocupar com o assunto que ele representa.
Não condene, simplesmente porque nunca viu uma mulher assim, ou um cavalo verde. Pintura é criação, e criação é o poder de abstrair-se da realidade.
Pense sempre que um bom assunto não faz uma pintura boa, mas uma boa pintura torna bom qualquer assunto. Uma natureza morta pode ser tão boa quanto uma cena de batalha, ou o desespero de uma mãe ante o filho morto.
Assim como não se pergunta ao ouvir a IX Sinfonia de Bethoven ou um Ópus de Chopin, "o que significa isso? " Não interrogue a toda hora, diante de um quadro, "que quer dizer isso?". A linguagem da música são os sons e a da pintura as cores e formas.
Não procure guiar-se pelo "gosto/não gosto". Deixe que o quadro o abrace, pois, sendo a pintura uma linguagem de comunicação visual, a ela cabe comunicar-se com você, e não você com ela.
Observe atentamente as linhas da composição e verifique se elas se desenvolvem suavemente, ou se, pelo contrário, são extremamente acidentadas.Cada estilo tem linhas próprias de composição.
Analise as cores. Geralmente num quadro de estilo coerente, as linhas calmas sucedem-se cores límpidas e espalhadas regularmente na tela, as linhas acidentadas correspondem cores violentamente contrastadas.
Observe o claro e escuro, caso ele exista, é o claro escuro que dá a sensação de terceira dimensão. Ao claro corresponde a parte que se encontra na luz, e ao escuro o lado da sombra. Nas pinturas ou estilo que preferem as cores fortes e linhas serenas, geralmente o claro escuro é pouco visível e os quadros parecem ter pouca profundidade, é normal.
Procure observar se o artista deu mais valor aos volumes ou preferiu dar mais ênfase a cor. Na pintura de valores não cromáticos não exija cores violentas. Não incrimine o pintor de não saber dar volume a suas figuras.
Medite sempre sobre isso: cada época e cada indivíduo têm seu estilo característico. Não queira que todos pintem igual a Fulano ou Ciclano. Cada um reflete seu próprio mundo, impossível de ser unificado.
  
Fonte desconhecida

3 comentários:

  1. Gostei muito desta explicação de como julgar um quadro relmente deve ser muito difícil julgar uma técnica e um sentimento,um é a razão e o outro aa emoção.

    ResponderExcluir
  2. Oi professor!

    Amei tudo aqui postado, como o mundo é realmente pequeno tenho arquivado para estudos muitas de suas dicas, agora vou ser sua aluna, muito bom!!!...

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e identifique-se. Se tiver dúvidas é só perguntar.